Yay or Nay: Filmes

1- BlacKkKlansman (2018)

harrier-blackkklansman-pcannes-1024x546

O filme conta a incrível história de Ron Stallworth, um policial afroamericano do Colorado, que, com a ajuda de seu colega de trabalho, que é branco, embarcam numa improvável missão de se infiltrar e expor o Ku Klux Klan local. Produzido pelo time responsável pelo grande sucesso e ótimo filme Get Out (2017) e dirigido pelo consagrado Spike Lee, BlacKkKlansman não poderia ser mais oportuno, vide a tragédia causada na cidade de Charlottesville no ano passado. Se tratando de um drama cômico, o filme certamente cresce quando aposta na comédia, repleto de cenas energéticas e uma sátira afiadíssima. Porém perde uma pouco da energia em outros momentos, que deveriam ser mais dramáticos e tensos. Estrelado por John David Washington, filho de Denzel Washington e Adam Driver. Avaliação: 7

Veredito: YAY – Apesar de inconsistente, trata-se de um filme absolutamente necessário, que, alem de expor de maneira plausível o problema da injustiça racial, é bem dirigido, possui cenas poderosíssimas e tem um ótimo tom satírico.

2- The Meg (2018)

the-meg-4

Após escapar de um ataque marítimo, em que diz ter sido provocado por um tubarão gigantesco, um mergulhador deve retornar ao oceano para salvar uma equipe de observação marítima que está presa no fundo do mar. Com esse fiapo de história, o que não é incomum à esse tipo de gênero, trata-se do novo filme do astro de ação Jason Statham, uma superprodução que custou absurdos $130 milhões. Confesso que tinha esperança de que se trataria de um bom filme trash, aqueles tipos de filmes B, que de tão absurdos, acabam sendo divertidos. Não é o caso aqui…O longa é uma combinação de géneros, porém falha em todos. Primeiramente não dá medo, o que seria fundamental, já que se trata de um filme de horror com um vilão de mais de 20 metros. Tampouco provoca risadas, sendo também uma comedia. Talvez falhe um pouco menos como ação, em que uma ou outra cena, mesmo que nada inovadoras, sejam passáveis. Pra piorar o filme flerta ainda com o romance, colocando um dos casais mais insípidos já retratados no cinema. Avaliação: 2 (porque estou de bom humor 🙂 )

Veredito: NAY –  The Meg é uma bobagem do tamanho de seu predador. Evite.

3- Calibre (2018)

calivre_filme-netflix_02

Dois amigos de longa data vão à uma vila isolada na Escócia para aproveitarem um final de semana praticando caça. Porém não estavam preparados para o que iria acontecer. Contar mais iria estragar essa agradável surpresa disponível do Catálogo da Netflix.  Apesar de ter um roteiro simples, o filme é tenso e brutal, além de trazer ótimas atuações  dos britânicos Jack Bowden, que esteve em Dunkirk (2017) e Martin McCann, do ótimo The Survivalist (2015)Avaliação: 7

Veredito: YAY – Mesmo não sendo inovador, é um filme simples e muito bem realizado, além de bem atuado. Trata-se de um ótimo entretenimento. Recomendo.

4- The Spy Who Dumped Me (2018)

Brody-The-Spy-Who-Dumped-Me

Após descobrir que seu ex- namorado era um espião, Audrey (Mila Kunis) e sua melhor amiga Morgan (Kate McKinnon) acabam sendo envolvidas em uma conspiração internacional. Quando vi o trailer do filme pela primeira vez, que não era nada promissor, imaginei que o longa iria figurar entre as bombas no ano. E não tava errado…Quando irão parar de produzir comedias que não são engraçadas? Repleto de piadas e diálogos infames de ruins, trata-se de mais um desperdício do talento de Kate McKinnon e de nosso tempo.

Veredito: NAY – Uma bobagem sem graça que, se ainda for lembrada ano que vem, terá grandes chances no Framboesa de ouro.

Publicado por

andfp81

Movie buff and chocolate obsessed! Actually dessert in general! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s