Dicas: Séries

1– Bodyguard (2018- )

David Budd (Richard Madden), um veterano militar, impede que um homem-bomba exploda um trem, permitindo a prisão dos terroristas que planejaram o ataque. Por causa de seu ato heroico, é promovido à guarda-costas de Julia Montague (Keeley Hawes), uma política conservadora e controversa. Grande sucesso na Inglaterra, a série da BBC britânica logo foi adquirida pela Netflix, tornando- a um sucesso mundial. A série é bem divertida, mas não muito mais que isso, o que acaba sendo surpreendente todo esse sucesso, sendo ainda nomeada a prêmios como o Globo de Ouro 2019 de melhor série drama e ator drama. Richard Madden, eficiente, levou o premio. A série tem seus momentos, principalmente algumas cenas de ação, mas, apesar de recomenda-la, a considero completamente superestimada. Uma segunda temporada não foi anunciada, mas certamente será encomendada. Avaliação: 6,5

2- Forever (2018- )

June e Oscar vivem uma vida conjugal confortável, porém previsível. Quando algo inesperado acontece, acabam levantando questões sobre amor e casamento. Estrelada pelos ótimos Maya Rudolph e Fred Armisen, não irei dar detalhes da trama para não entregar spoilers. A série possui um roteiro curioso, com surpresas a cada episódio. Porém nem todas as surpresas funcionam ou são bem desenvolvidas, alem da série sofrer um pouco com seu ritmo. Mesmo assim, é uma visão original e relevante, e por vezes muito divertida, sobre a vida, o casamento e a rotina. Original da Amazon Prime Video, a série ainda não foi renovada . Avaliação: 7

3- Wanderlust (2018)

Uma terapeuta sexual tenta salvar seu casamento após um acidente de bicicleta fazer com que o casal comece a reavaliar seu relacionamento. Qualquer projeto com Toni Collette já é motivo para empolgação e esse drama, original da Netflix, é um ótimo veiculo para a talentosíssima atriz australiana. Composta de apenas seis episódios, a série mostra o casal que, na tentativa de salvar seu casamento, acabam concordando que ambos possam ter relações sexuais com outros parceiros. Porém, com o tempo a protagonista vai percebendo e descobrindo as razões por trás dessas decisões e atos. Complexa, interessante e muito bem atuada, trata-se de um dos melhores originais da Netflix, que ainda não renovou a série. Não vejo necessidade de uma renovação, visto que a série terminou de forma mais que satisfatória. Com Steven Mackintosh e Zawe Ashton. Avaliação: 7,5

4- Collateral

Em Londres, uma detetive, se recusando a acreditar que o assassinato de um entregador de pizza se trata de um caso aleatório, decide iniciar uma investigação. Carey Mulligan é uma das atrizes mais talentosas e interessantes da atualidade e sem dúvida, uma das melhores coisas dessa minissérie eficiente, porem irregular. Original da Netflix, a minissérie, que trata de assuntos como imigração, drogas e também sexualidade, começa bem, sendo suficientemente misteriosa e repleta de personagens interessantes. Porem, composta de apenas 4 episódios, acaba sendo curta, pois apresenta muitas ideias, personagens e situações, não tendo tempo de desenvolve-los. O final acaba sendo corrido e, portanto, irregular. Ainda assim, tem qualidades o suficiente e claro, Carey Mulligan, para ser considerado um programa divertido. Avaliação: 6,5

Publicado por

andfp81

Movie buff and chocolate obsessed! Actually dessert in general! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s